5 hábitos diários que podem acabar com a nossa felicidade

Dicas dos Psicólogos

Itupeva - 5 hábitos diários que podem acabar com a nossa felicidade

Em algum momento acabamos por nos sabotar, seja com pensamentos negativos ou hábitos ruins, mas a questão é: Quais são alguns desses hábitos? Confira:

Eles podem parecer pequenos, estão no automático e muitas vezes nem nos damos conta que eles existem, mas no fundo eles criam padrões negativos em nossas mentes e resultam em ações destrutivas em nossas vidas. Esses 5 hábitos podem acabar com a nossa felicidade, mas podem ser mudados se colocarmos nossa atenção em resolvê-los!

5 hábitos que drenam nossa felicidade

1 – Esperar pelo momento perfeito: Quanta gente perde tempo ou deixa de conquistar algo porque ficou esperando pelo momento perfeito. Esperamos ficar inspirados, que a situação melhore, que os planetas se alinhem, ou sabe-se lá o que. O importante é saber que perdemos tempo precioso esperando que a situação fique boa para conquistarmos algo, mas na verdade, isso nunca vai acontecer. Nós criamos o momento ideal.

2 – Nutrir sentimentos de ódio:Quando estamos decididos a odiar algo ou alguém, gastamos muita energia nesse sentimento. No final, ele cresce, supera os motivos que o geraram e passa a ser apenas uma amargura dentro de nós. Quando algo incomodar, tente resolver a situação e seguir em frente, sem guardar rancor.

3 – Ficar perto de quem nos faz mal: Seja por medo de ficar sozinho, por não conhecer outro tipo de relacionamento ou medo de magoar, acabamos nos acomodando em relacionamentos que nos fazem mal. É preciso quebrar esse ciclo nos afastando de quem nos machuca, seja psicologicamente ou fisicamente.

4 – Dar muito valor para a aparência: A beleza é passageira e é apenas uma das inúmeras características que uma pessoa tem. Aliar-se apenas a ela é perigoso e superficial. Existem tantas coisas interessantes que podemos explorar no outro, como o senso de humor, a simpatia, os hobbies e os valores. Todos eles trazem relacionamentos mais profundos e satisfatórios.

5 – Procurar contentamentos fugazes: Buscamos conforto material, dinheiro, status, mas nada disso é duradouro, nem traz a felicidade verdadeira. Devemos procurar por contentamentos mais duradouros, que estejam ligados aos nossos valores, como crescimento pessoal, ou a ajuda na comunidade, por exemplo. Esses contentamentos permanecerão mesmo em momentos difíceis, enquanto os fugazes podem desaparecer a qualquer minuto.

Fonte: : A Mente É Maravilhosa

Visite Itupeva - SP