Construir comunicação, 4 dicas que podem te ajudar a formar essa ponte

Dicas dos Psicólogos

Itupeva - Construir comunicação, 4 dicas que podem te ajudar a formar essa ponte

Você já se perguntou “Como conversar com quem é diferente de você”, realmente é um desafio e tanto, mas é completamente possível criar pontes de comunicação até mesmo com pessoas difíceis! Confira:

Recentemente eu li um artigo muito bom cuja temática nunca esteve tão atual: “Como conversar com quem pensa muito diferente de você?”; No final do artigo fiquei um bom tempo refletindo sobre habilidades e atitudes que podemos treinar para aperfeiçoar nosso lado “Construtor de Pontes” e quero ampliar um pouco mais a reflexão com você, meu caro leitor!

1 - Desenvolver mais equilíbrio emocional: O equilíbrio emocional eu diria que é o ponto mais importante, talvez por isso mesmo tenha sido colocado em 1º lugar. Mas precisamos entender que não se desenvolve nada sem praticar. A palavra desenvolver significa DES+ENVOLVER, ou seja, é deixar de se envolver com algo para passar a se envolver com outra coisa. Existe sempre um ciclo de ascensão: envolver – desenvolver – envolver. Não é interessante? Por exemplo: eu desenvolvo mais empatia a partir de experiência na qual eu me envolva com pessoas que me testem nesse sentido. E dessa forma vou me envolvendo com cada vez mais sabedoria e amorosidade nas novas experiências.

2- Cultivar empatia pelo outro: Empatia é a capacidade de ver pela perspectiva do outro, saímos um pouco no nosso próprio mundo para entrar no mundo do outro. A melhor forma de cultivar a empatia é prestando atenção aos nossos preconceitos, às nossas premissas, às nossas verdades e convicções e questionarmos isso na gente!O outro tem sua própria forma de enxergar a vida e a sociedade, não cabe a nós julgar o que é certo ou errado, justo ou injusto, digno ou indigno. Cabe a nós desenvolvermos mais sensibilidade para não se prender à uma visão maniqueísta de tudo! A empatia desenvolvida leva ao fim do maniqueísmo entranhado em nós e na sociedade.

3 - Estudar e melhorar nossos argumentos: O estudo é um dos melhores caminhos para desenvolvermos consciência e sabedoria. Percebo isso na minha própria vida. Quer ter argumentos melhores? Leia grandes obras e grandes autores, leia os clássicos como obras de Machado de Assis ou Guimarães Rosa entre outros. Garanto que você só crescerá com essa experiência.

4 - Não ter vergonha de admitir que não sabemos algo e fazer perguntas: Esse ponto novamente nos remete à humildade. É um belo traço de humildade dizer “Não sei”. Inclusive essa é uma das coisas que me orgulha no exercício do Magistério. Sempre que dou aulas e algum aluno me pergunta algo que ainda não sei, simplesmente digo, “Me desculpe, não sei responder a isso no momento, mas vou estudar e na próxima aula eu respondo com certeza…”. Muitos professores, por arrogância, tentam enrolar uma resposta para tentarem se passar por sábios ou conhecedores, mas é exatamente o contrário. Ser sábio é estudar para conhecer a fundo e ter firmeza na hora de responder! Há muito mais a ser explorado nesses 4 pontos, mas deixo as reflexões com você agora!

Fonte: A Soma De Todos Os Afetos

Visite Itupeva - SP